Operação Pancada desarticula quadrilhas de contrabando de cigarros no RS e SC

0
72
Polícia Federal atua em 12 cidades gaúchas e uma catarinense (foto: divulgação PF)

Pelo menos duas quadrilhas especializadas em contrabando de cigarros já foram desarticuladas pela PF, a ação iniciou na manhã desta quarta-feira (10) e abrange 12 municípios gaúchos e uma cidade catarinense

A chamada Operação Pancada, batizada dessa forma devido ao nome da rua onde se deu a primeira apreensão que iniciou todas as outras batidas. Ela teve início em março de 2018 em Rio Grande onde encontraram mais de R$ 2 milhões em cigarros, foram ao todo 380 mil maços e quatro presos. Nas doze cidades do RS, são mais de 80 mandatos, 16 de prisão e 66 de busca e apreensão.

A rua Henrique Pancada, em Rio Grande foi onde se deu a primeira apreensão, e ainda no município restam 38 mandatos. Cidades como Caxias do Sul,Agudo, Cachoeira do Sul,Pelotas, Cachoeirinha, Alvorada, Porto Alegre, Barão do Triunfo, Gravataí, Canoas, Esteio e Maracajá em SC estão na mira da Polícia Federal.

Os investigadores descobriram  cigarros contrabandeados e produzidos clandestinamente no Brasil. Os similares a marcas nacionais e estrangeiras saíam por preços muito baixos e são distribuídos em toda zona sul do RS. Lembrando: não existe controle de qualidade, cuidados reais e/ou formas de saber que tipo de tabaco são utilizado. Os valores são totalmente abaixo do mercado, visto não existir nenhuma forma de controle ou fiscalização ainda burlam leis e impostos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here